Antenas

O item mais importante de qualquer estação.

É ela a responsável pela qualidade da recepção e transmissão dos sinais dos seus rádios.

Os rádios de VHF ou os de HF/SSB  para o serviço marítimo são padronizados quanto à potencia de transmissão, em geral 150W os de HF e 25W os de VHF, na recepção todos tem as especificações muito similares, portanto o que vai diferenciar, o que vai determinar a qualidade de sua estação é mesmo a antena.

Uma infinidade de marcas, modelos, propagandas, conselhos de amigos etc..  devem de fato deixa-los loucos e com certeza com muitas duvidas.

Bem, vamos tentar ajuda-los. Nesse mundo não há muito o que inventar, nem muito do que fugir daquilo que já existe e foi exaustivamente estudado, portanto, tudo que existe em matéria de antena é COPIADO uma das outras. Na hora da escolha tenham em mente alguns detalhes…Vamos começar pelas antenas de VHF

A terra é redonda e a principal característica do VHF é se propagar em linha reta.. já viu né… levando-se em consideração essa tal curvatura, significa que quanto mais alta estiver a sua antena de VHF  melhor… Por isso os veleiros com antenas na ponta do mastro alcançam distancias bem maiores em VHF. Sempre considere a possibilidade de instalar sua antena sobre a cabine, na targa se tiver uma, no mastro em caso de veleiros. Quanto mais perto da linha d’agua estiver a antena, menos eficiência terá (estamos falando de VHF) . Outro problema que  você terá é a questão estética e mecânica. Evidente, você terá que escolher sua antena proporcional ao tamanho de sua embarcação. Embora sempre desejamos a maior antena, teoricamente, a de maior “ganho” nem sempre é possível fixar na nossa lancha. Imaginem onde poderíamos instalar uma antena com 7 metros numa lancha de 22 a 27 pés… Difícil não é? Ate mesmo numa de 30 pés.. Eu diria que pra esse tamanho uma de 5,20m é o Maximo razoável. Nas embarcações de pequeno a médio porte o tamanho mais usado e mais razoável é de 2,20 a 2,40, vai depender do fabricante. Em geral somente nas lanchas oceânicas teremos local para instalação das grandes antenas de VHF, as conhecidas como 9db. Aquelas antenas com uma pequena barriquinha na base e uma vareta de +- 1 metro devem ser evitadas nas embarcações de mar. São boas para lagos, águas abrigadas ou veleiros que podem explorar a altura.

Quanto a marca. Analisem o material, preço, garantia, porque como disse antes no inicio, “são todas copiadas” As famosas Shakespeare são bem construídas, tem um bom material e uma durabilidade razoável. As outras as copiam, funcionam bem, mas com material um tanto inferior.

Quanto ao famoso e tão falado DB. Essa é uma grandeza muito falada mas pouco conhecida, principalmente em relação a antenas. Primeiramente cabe dizer que é  usada de forma muito mentirosa tanto pela industria quanto pelo comercio. Evidentemente um levado pelo outro. Passando de leve pela teoria…  Existem duas referencias para antenas, uma é o irradiador isotrópico e o outro o dipolo, a antena mais básica. O isotrópico gera o tal do DBI e o dipolo o DBD. Imaginem uma lâmpada no espaço livre que ilumine em TODAS as direções da mesma forma, isso seria a antena isotrópica. É teórica e só serve como referencia. O dipolo irradia em duas direções e tem um ganho de “0″ DB que é uma  referencia de 2,2 db em relação ao irradiante isotrópico. Na pratica quando vemos uma antena anunciada como 3db  esse “DB” que o fabricante usa pra divulgar é o tal dbi que tem um numero  2,2 maior. Portanto de verdade essa antena tem um ganho em DBD menor que 1. Essas antenas vendidas como 9 DB, em verdade  tem 6,8 DBD, mas o pessoal prefere por questões obvias usar o ganho DBi da antena….

Bem, pra tentar livra-los do engano, tenham em mente o seguinte: O comprimento de onda dos rádios marítimos é próximo de 2 metros. As antenas de ganho em geral usam 5/8 dessa medida, seus múltiplos ou múltiplos de ½ onda. Cada uso desses múltiplos geram em torno de 3 dbi. Para resumir.. Se um vendedor te oferecer uma antena com pouco mais de 2 metros e garantir que ela tem 9 DB… Troque de loja…. porque pra ter 9 dbi com multiplos de 5/8 vai precisar ter uns 6 metros, se usar múltiplos de ½ onda vai precisar ter quase 7. Não existe mágica em antenas.

Qualquer duvida, entre em contato conosco, teremos prazer em ajudar.

Antenas para HF/SSB

Diferente do VHF, em HF a propagação se da pela reflexão ionosférica e no caso das instalações marítimas (em embarcação) a altura não tem importância. A questão principal nas antenas para o SSB é o tamanho em relação a frequência. Novamente os veleiros são privilegiados nesse caso, tem a disposição o que em geral pode ser o melhor irradiante, o estai de popa. Se isolado com dois isoladores especiais vira uma ótima antena. A outra opção é a antena de fibra, normalmente fornecida em duas opções de 7 ou de 5,20m.  Quanto maior for melhor se portará. Para bom funcionamento de uma estação de HF, plano de terra, ou contra peso como também pode ser chamado é essencial. Sem ele e um acoplador não tem sistema irradiante para SSB. Entraremos em  mais detalhes no item INSTALAÇÃO.


Nossos Contatos

Ivan Silva
Rua Euzébio de Queiróz, 223
São Gonçalo – RJ 24410-160
Tels
55 21 26285769
55 21 27205188
55 21 993026328 Celular